Pesquisa

Carregando...

quarta-feira, novembro 30, 2011

POVO FALA! – Estrutura de lanchonete na Unileste ainda é precária


A Unidade I da Faculdade Unileste, situada na cidade de Coronel Fabriciano, possui hoje mais de 5mil estudantes no período noturno. Para atender a esse grande número de pessoas, a instituição possui internamente uma cantina e dois estabelecimentos particulares no interior do seu campus.

"É necessário sair do campus para procurar locais mais vazios"
Porém essas três estruturas ainda não conseguem atender satisfatoriamente seus alunos e prestadores de serviço. Reclamações de longas filas e pouco tempo de intervalo são constantes. Para Marcelo Batista o tempo estabelecido para o intervalo dos alunos é pequeno perante as condições oferecidas pela instituição quanto ao fornecimento da alimentação. “Para sair das longas filas é necessário que os alunos se desloquem para fora do campus para procurar outras alternativas de lanche” concluiu Marcelo.

Atualmente os estabelecimentos externo mais próximos do campus é o “Bar do Baroa” que fica a pouco mais de 400m da instituição,e também a “Barraca do Joel” que fica no lado contrário da BR381. “Com o pouco tempo que temos de intervalo entre as aulas, fica quase inviável se deslocar para esses locais. Com isso acabamos por sempre perder alguns minutos das aulas”, destaca Marcelo.
 
"Em dias de chuva o tumulto aumen
A alguns meses a cantina da universidade passou por reformas para melhor atender ao público, colocando novas mesas, novo balcão de atendimento, entre outras reformas estruturais e higiênicas. Porém para muitos alunos ainda é pouco para se ter um bom atendimento. Para Sheila Moraes aluna de Engenharia Sanitária e Ambiental, faltam mesas que atendam o grande número de alunos que vão ao local fazer seu lanche. “Temos que chegar na cantina antes ou depois do horário de lanche, para que se possa sentar em uma mesa e comer tranquilamente. Nos dias de chuva é pior, pois somente parte da cantina é coberta e as pessoas se apertam para sentar e transitar na mesma”, concluiu a aluna.
Longas filas na cantina da faculdade

Quanto as outras alternativas dentro da própria faculdade, muitos alunos reclamam da falta do mal atendimento e também de produtos da má qualidade. “Até temos outras alternativas para fazer nosso lanche, porém os produtos não tem a qualidade e a confiança que temos na cantina da faculdade”, relatou uma aluna que preferiu não se identificar.

Quais seriam então as soluções para que os alunos possam fazer seu lanche com tranqüilidade? Abaixo segue um vídeo realizado por alunos da “Faculdade 7 de Setembro” de Fortaleza, dando suas opiniões sobre as cantinas de sua faculdade. Deixe também seu comentário abaixo!
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário